Dicas de Iluminação

Dicas de Iluminação - Como escolher a cor da luz.

 

A temperatura de cor é a cor da luz, e não tem nenhuma relação com o aquecimento. As lâmpadas que emitem luz amarelada são chamadas de quentes ou mornas; as que emitem luz em branco intenso, quase azulado, são chamadas de frias; as intermediárias são chamadas de naturais ou neutras. Dúvida sobre qual escolher? Pense sempre em que efeito gostaria de ter no seu espaço: para ambientes calmos e de descanso (sala, quarto e corredores) escolha lâmpadas quentes; para os demais ambientes (cozinha, lavanderia e banheiros) escolha as lâmpadas frias. 

 

Branco Quente (3000k ~ 3500k) É a luz conhecida com a mais amarela, usada em ambientes com aspecto de maior relaxamento. É a iluminação ideam para salas de estar e jantar, quartos, corredores e locais para maquiagem. Essa temperatura tem a capacidade de manter as cores mais naturais, como por exemplo, deixar a cor do alimento com aspecto mais saboroso ou o tom da pele em sua cor mais natural.

 

Branco Frio (6000k ~ 6500k) Essa é uma tonalidade que possui um maior dinamismo, e exatamente por isso, é recomenda para locais que necessitam de maior poder de iluminação, como cozinhas, lavanderias e escritórios. Por isso de ser usado em ambientes que se necessitam de um nível maior de atenção para a realização de tarefas.


 

Comparativo dos modelos de lâmpadas no mercado.

 

Os benefícios do uso do LED são muitos, durabilidade, baixo índice de aquecimento, economia no consumo de até 90% e ainda contruibui com o meio ambiente.

 

 

 


Vantagens da Lâmpada de Led.

5 motivos para passar a utilizar!

Você provavelmente tem ouvido muito falar em lâmpadas de LED e no quão vantajosas elas são quando comparadas aos outros tipos. LED é a sigla para Light Emitting Diode quem em tradução significa “Diodo Emissor de luz”. Nada mais é do que um condutor de energia com proficiência para emitir luz à olho nu.

Antes o LED era usado apenas como sinalizador de aparelhos eletrônicos como rádio e televisão, indicando se estava ligado ou não. Hoje o LED é a tecnologia mais inovadora no mercado de iluminação.

Que tal saber um pouco mais sobre essa nova tecnologia e conhecer a reais vantagens dela? Confira abaixo alguns motivos para investir já em iluminação de LED:

Baixo Custo:

Essa é a característica mais falado quando o assunto é iluminação. A grande vantagem da lâmpada de LED é a economia de energia que ela proporciona, chegando a até 80% conforme o modelo. Tudo isso porque o diodo tem uma boa capacidade luminosa fazendo com que a produção de luz se maior usando menos energia. Ou seja, boa parte da corrente elétrica que é passada pelo produto é revertida em iluminação e não em calor.

Vida útil longa: 
Pela grande capacidade luminosa que as lâmpadas de LED possuem elas podem durar até 25 vezes mais que as lâmpadas incandescentes e 3 vezes mais que as fluorescentes. Uma lâmpada de LED usada 8 horas diárias, por exemplo, pode durar até 17 anos, e ainda assim sofrer pouca alteração no brilho ao longo do tempo. Vale ressaltar também que por ser resistente a vibrações, o LED não sofre falhas na transmissão, dispensando a necessidade de reatores para o ligamento e acendendo instantaneamente.
Lâmpada Segura: 
Diferente das fluorescentes a lâmpada de LED não emite radiação ultravioleta nem causa cansaço visual como os outros tipos já que não possui mercúrio e nenhuma outra substância tóxica em sua composição, um sinal de que é menos prejudicial à saúde. Por possuir baixa irradiação térmica a lâmpada não esquenta tornando o ambiente bem mais confortável.

Sem contar que o funcionamento dessas lâmpadas exige baixa voltagem, o que reduz o risco de choque na hora de trocá-la e permite a instalação em ambientes úmidos como piscinas e cantos de jardim.

Design inovador:

Além de funcionais e econômicas as lâmpadas de LED são também decorativas. Nesse tipo de lâmpada é possível controlar o fluxo luminoso (intensidade da luz), variar na tonalidade do branco na iluminação, escolher o tom certo para cada ambiente e ainda usá-las nas versões coloridas.

Compatíveis com praticamente todos os sistemas de instalação são fáceis substitutas para os tipos mais usados e apresentam uma infinidade de modelos e funcionalidades. A lâmpada de LED apresenta versões compactas, mas com fachos de luz muito eficientes, atribuindo funções especificas à cada modelo.

Sustentável: 
Como não possuem filamentos metálicos, mercúrio ou substancias tóxicas na composição, a lâmpada de LED não emite poluentes ao meio ambiente e ainda pode ser reciclada.

O fato de gerar economia elétrica também classifica a lâmpada de LED como um produto sustentável. Como ela não desperdiça calor, diminui o consumo de energia elétrica, reduzindo com isso os impactos ambientais que são causados. A lâmpada de LED também não emite calor, o que pode auxiliar no funcionamento o ar condicionado, por exemplo, que utilizará menos cargas elétricas para funcionar.


COMO CALCULAR A ILUMINAÇÃO IDEAL

Esse é um conceito fundamental para a definição da quantidade de luz mais adequada para cada situação. A iluminância é a quantidade de luz presente em um ambiente ou superfície e a unidade de medida utilizada é o LUX (lx).

Existe uma Norma Técnica que determina o nível de Iluminância ideal para ambientes de acordo com as atividades que serão executadas no espaço. A norma é a NBR 5413 (Iluminância de Interiores) da ABNT. Conheça os principais níveis de iluminância residencial normatizados.

Para avaliar se um conjunto de iluminação artificial está bem dimensionado para o ambiente e para as tarefas que ali serão executadas você precisa calcular o nível de iluminância e confrontar com a tabela da norma ABNT. Mas, como calcular o nível de iluminância em um ambiente ou superfície?

Esse cálculo é complexo e envolve uma série de fatores que interferem em maior ou menor grau na iluminância no ambiente. Os profissionais da Luminotécnica utilizam vários outros conceitos e ferramentas para definir com maior precisão a real necessidade de luz para cada ambiente.

Aqui você encontra uma forma simplificada que vai te ajudar a ter uma ideia se a luminária e a lâmpada escolhidas fornecerão luz suficiente.

A fórmula simplificada é  lm (fluxo luminoso da lâmpada) /m² do ambiente = lux

Um exemplo de análise: você tem um dormitório de 20 m² e quer instalar um plafon com três lâmpadas fluorescentes compactas de 11W (cada uma delas emite 700 lúmens). Qual a iluminância no ambiente?

3 x 700 lm/20 m² = 2.100 lm /20 m² = 105 lux

Segundo a norma ABNT um dormitório deve ter no mínimo 50 lux para a luz geral, portanto, concluímos que nesse caso, o plafon com três lâmpadas está superdimensionado. Outra forma de conduzir a análise é verificar primeiro a iluminância que a norma indica para determinado ambiente, para então, chegar à quantidade de fluxo luminoso necessária.

X lm /20 m2 = 50 lux ? X lm = 50 x 20  ? X lm = 1.000 lúmens

Para esse ambiente 1.000 lúmens é o ideal. A opção mais correta é um plafon com duas lâmpadas de 11W, que somam 1.400 lm. Podemos adotar esse padrão com mais lúmens, porque existe uma depreciação do fluxo luminoso basicamente por dois motivos: a existência de um difusor que reduz a emissão da luz para o ambiente e a depreciação do fluxo luminoso ao longo do tempo.

A única maneira de conseguir uma avaliação precisa do nível de iluminância é com a utilização de um luxímetro ou fotômetro.


Por que continua aceso? Fuga de Energia.

Por usar menos energia o LED é mais sensível a problemas na instalação como a chamada "fuga de energia".

Esse fenômeno ocorre quando há pelo menos 1 dos fios de energia que não está isolado totalmente dentro de um circuito parcialmente ou não aterrado. Esse problema quando não grave, faz com o painel permaneça levemente aceso e em situações mais graves pode provocar a queima da peça.

Nesse caso não há cobertura do garantia pelos fabricantes de LED quando ocorre a queima do LED, porém ao detectar o problema o cliente deve imediatamente trocar a o interruptor de sua instalação por interruptores Bipolares (de forma a corta fase/neutro ou fase/fase) garantindo o corte total da energia no circuito da luminária.

Sobre a loja

Encontre na LED RS toda linha LED: Refletores, Luminárias, Fitas, Plafons, Spots, Painéis Mangueiras e muito mais. Garantia e qualidade de quem possui expertise quando o assunto é iluminação LED.

Pague com
  • PagHiper
  • Mercado Pago
  • Pagamento na Entrega
Selos

LED RS - ILUMINAÇÃO - CNPJ: 23.383.640/0001-23 © Todos os direitos reservados. 2019